Copasa anuncia investimento de mais de R$ 100 milhões para etapa complementar das obras do Sistema de Esgotamento Sanitário em Ubá

A previsão é que até o final de novembro deste ano os ubaenses já comecem a contar com os benefícios do tratamento de esgoto

O diretor de Desenvolvimento Tecnológico, Meio Ambiente e Empreendimentos da Copasa, Pablo Ferraço Andreão, esteve em Ubá, nesta quinta-feira (27/06), onde visitou as instalações da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) e anunciou um novo investimento de mais de R$ 100 milhões para a etapa complementar das obras Sistema de Esgotamento Sanitário (SES) do município. A iniciativa reforça o compromisso da empresa com o município localizado na região da Zona da Mata, que recebe um dos maiores investimentos em saneamento por parte da Companhia em todo o Estado.

Publio Reis Pereira (gerente da GRUA), Dr. Pablo Ferraço Andreão (diretor da DTE); Edson Luiz Duarte Junior (gerente da USES) e Cláudio César Dotti (superintendente da SPEM)

Durante a visita, que contou ainda com as presenças de representantes do poder público municipal, da sociedade, imprensa e equipes da Companhia, o diretor informou ainda que a previsão é que até o final de novembro deste ano os ubaenses já comecem a contar com os benefícios do tratamento de esgoto.

“Mesmo diante dos desafios que encontramos ao longo da execução dos serviços, a Copasa seguiu investindo e atuando em outras frentes para garantir que as obras pudessem ser entregues à população, o que já está muito perto de acontecer”, disse Pablo. Entre esses desafios, conforme explicou o diretor, estão as três grandes enchentes que atingiram a cidade em 2020 e que alteraram consideravelmente a margem do ribeirão Ubá, previamente delineada para a instalação dos interceptores, incluindo o trecho que seria o responsável pela condução de praticamente todo efluente da área urbana à estação de tratamento, fazendo com que todo o projeto inicial precisasse ser revisto.
Além disso, questões referentes à regularização fundiária de áreas pertencentes a terceiros também foi outro grande gargalo encontrado pela empresa e que contribuiu para a não conclusão do escopo original licitado.

Obras Complementares

Durante a visita, além das informações sobre as obras, os participantes também receberam informações sobre a operação da ETE

A previsão é que o certame para a realização das obras complementares aconteça em agosto deste ano. O novo investimento prevê a implantação de 11.638 metros de redes coletoras, 3 mil ligações prediais, 22.155 metros de interceptores, 2 mil metros de estruturas de contenção, 14 estações elevatórias e a complementação da ETE com três decantadores e uma elevatória de lodo. “Com estas obras, muito em breve a população de Ubá começará a contar com o tratamento de esgoto, além de todos os benefícios sociais, ambientais e de saúde que o serviço proporciona. Temos um respeito muito grande pela população e pela parceria que estabelecemos com o município ao longo de todos esses anos, então, realizar esta entrega também será motivo de grande alegria para todos nós da Companhia”, ressaltou o diretor.

 

As obras do SES em Ubá

As obras do Sistema de Esgotamento Sanitário de Ubá começaram em fevereiro de 2021, com um investimento inicial de R$ 116 milhões, financiados pelo banco alemão KFW. Até aqui, a Copasa já instalou mais de 11 mil metros de redes coletoras, 16 mil metros de interceptores, 950 metros de emissário e mais de 90% de toda a estrutura da Estação de Tratamento de Esgoto.

Importante salientar que, com o início da operação da ETE ainda este ano, a Copasa estará antecipando em aproximadamente sete anos a universalização dos serviços em Ubá, considerando o prazo de 2033 estabelecido no Novo Marco do Saneamento, garantindo assim melhores condições de saúde e bem-estar para a população, além dos ganhos socioeconômicos para o município.

Encontro com o poder concedente

A agenda do diretor da Copasa em Ubá contou ainda com uma reunião com o prefeito Edson Teixeira Filho e parte do seu secretariado para discutir o andamento das obras e outros projetos de saneamento e abastecimento de água, previstos e em andamento no município.

Também participaram o superintendente de Empreendimentos (SPEM), Cláudio César Dotti; o gerente da Unidade de Serviços de Expansão Sul (USES), Edson Luiz Duarte Junior; a assessora especial da Presidência, Joice Solano; e o gerente da Regional Ubá (GRUA), Publio Reis Pereira.

Copasa anuncia investimento de mais de R$ 100 milhões para etapa complementar das obras do Sistema de Esgotamento Sanitário em Ubá

Copasa entrega 380 livros para escola em