Programa Chuá da Copasa promove ação de conscientização ambiental em escolas de Almenara e Teófilo Otoni

Estudantes do 5º ao 9º ano, da Escola Estadual Barra de Cedro, na zona rural de Teófilo Otoni, participaram, entre os dias 27, 28 e 29 de setembro, participarem do projeto Arte Chuá nas Escolas: Mural das Águas. A iniciativa integra as ações do Chuá Socioambiental, promovido pela Copasa em alusão ao Programa Pró-Mananciais, com foco na sustentabilidade ambiental alinhada à conscientização sobre a importância da preservação e recuperação de mananciais para fins de abastecimento público.

Foco do evento foi na sustentabilidade ambiental.

Já nos dias 4, 5 e 6 de outubro, alunos do 6º ao 9º ano, da Escola Municipal São José do Prata, localizada na comunidade do Sacode, na zona rural de Almenara, participaram do projeto Mural das Águas. A iniciativa estimula os estudantes a usarem a criatividade para desenvolverem ilustrações com temas relacionados ao meio ambiente, ao tratamento da água e do esgoto.

Para realizar a atividade em Almenara, os alunos tiveram a orientação de integrantes da equipe socioambiental da Copasa, Saulo Cardoso, Washington Sousa Araújo e Elizete Almeida Silva e de dois artistas plásticos da empresa Scientia Vitae. E em Teófilo Otoni, os integrantes da equipe socioambiental da Companhia, José Borges e Carlos Alberto, acompanhados por dois artistas plásticos, orientaram os jovens.

Alunos pintaram as paredes da Escola Municipal São José do Prata, em Almenara.

Inicialmente, os estudantes participaram de diálogos com os organizadores da ação para melhor entendimento sobre o ciclo da água até que ela chegue às torneiras das residências, bem como de elementos do saneamento básico e aspectos culturais e econômicos de uso da água, proporcionando o desenvolvendo de ilustrações que compuseram o projeto de arte.

Em seguida, foi a vez de colocar a ‘mão na massa’. Os desenhos produzidos e selecionados, foram transferidos para as paredes das escolas pelos próprios alunos.

Matheus da Rocha Andrade Silva, aluno do 6º ano da Escola Estadual Barra de Cedro, em Teófilo Otoni, foi um dos estudantes que participou da ação. “Acho que o futuro será bem diferente do que está acontecendo no presente, onde temos desmatamento e queimadas de florestas. Se o ser humano tiver consciência, ele conseguirá ter um futuro melhor com mais água, vegetação e florestas, proporcionando assim, uma vida saudável e em equilíbrio com o meio ambiente”, disse.

Iniciativa estimula os estudantes a desenvolverem ilustrações com temas relacionados ao meio ambiente.

A pintura dos muros é um ganho pedagógico pelo ótimo desempenho que essas escolas alcançaram durante atividades realizadas dentro do Chuá Socioambiental ao longo do ano letivo de 2019/2020.

Chuá Socioambiental

Criado em 2017, o Chuá Socioambiental amplia a consciência socioambiental dos alunos dentro de projetos do Programa Chuá de Educação Sanitária e Ambiental que integra a Agenda ESG da Copasa, sigla que se refere às questões ambientais, sociais e de governança corporativa. Esse termo tornou-se uma forma de se referir ao que empresas e entidades estão fazendo para serem socialmente responsáveis, ambientalmente sustentáveis e administradas de forma correta.

Paredes das escolas foram pintadas.

O programa também está alinhado à Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas (ONU) e em seus respectivos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), além dos dez princípios do Pacto Global. No caso, o Chuá Socioambiental está alinhado ao ODS 6 (Água e Saneamento), que tem entre suas metas, assegurar a disponibilidade e gestão sustentável da água e saneamento, principalmente relacionada aos ODS 4 (4.7) e 12 (12.8), por trabalhar com crianças e adolescentes, com muita amorosidade na relação ensino-aprendizagem.

Programa Chuá da Copasa promove ação de conscientização ambiental em escolas de Almenara e Teófilo Otoni

Copasa realiza treinamento sobre Programa de Eficiência

Programa Chuá da Copasa promove ação de conscientização ambiental em escolas de Almenara e Teófilo Otoni

Equipe ambiental da Copasa inicia atuação em