Palestras mobilizam estudantes de Januária para preservação da água

Em comemoração ao Dia Mundial da Água, celebrado em 22 de março, a equipe da Unidade de Serviço de Controle Ambiental da Copasa, na Gerência Regional Januária, promoveu ações alusivas à data no município-sede, no Norte de Minas. As comemorações marcam a conscientização da sociedade para a preservação e uso sustentável do recurso hídrico.
Nos dias 20 e 21 de março, a equipe ministrou palestras para estudantes e professores das Escolas Estaduais Professor Claudemiro Alves Ferreira e Pio XII. Com o tema “A Importância da Água”, foram abordados assuntos relativos às etapas de captação, tratamento e distribuição de água pela Copasa, bem como as orientações para a correta utilização, consumo consciente e preservação do recurso hídrico.
Na ocasião, também foram repassadas informações voltadas à proteção das fontes de abastecimento público por meio do Programa Socioambiental de Proteção e Recuperação de Mananciais (Pró-Mananciais), desenvolvido pela companhia no município.
Para o assistente administrativo Argemiro Lopes, as comemorações do Dia Mundial da Água requerem a sensibilização da sociedade sobre a quantidade de água doce disponível para o consumo humano no planeta, que é de 2,76%. “Dessa forma, a mobilização de todos é fundamental, visando promover a sustentabilidade e o consumo consciente a fim de preservar esse recurso tão precioso para o meio ambiente e a vida humana”, destacou.
ODS e Agenda ESG 
A atuação socioambiental da Copasa é pautada na Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas (ONU) e em seus respectivos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), além dos dez princípios do Pacto Global.
O Pró-Mananciais integra o ODS 15, que consiste em proteger, recuperar e promover o uso sustentável dos ecossistemas terrestres, gerir de forma sustentável as florestas, combater a desertificação, deter e reverter a degradação da terra, evitando a perda da biodiversidade.
O programa integra ainda a Agenda ESG da Copasa, sigla que se refere às questões ambientais, sociais e de governança corporativa. Esse termo tornou-se uma forma de se referir ao que empresas e entidades estão fazendo para serem socialmente responsáveis, ambientalmente sustentáveis e administradas de forma correta.
Palestras mobilizam estudantes de Januária para preservação da água

Copasa apresenta case de sucesso sobre segurança