Mural das Águas em Taiobeiras estimula a consciência socioambiental de estudantes por meio da arte

Expressar e retratar exemplos de sustentabilidade e consciência socioambiental por meio da arte. Esse foi o objetivo de 30 alunos da Escola Estadual Presidente Tancredo Neves, em Taiobeiras, que participaram do Mural das Águas, Arte Chuá nas Escolas.

A atividade, realizada entre os dias 13 e 15 de setembro, consistiu na pintura do muro da escola por estudantes do 5º ao 9º ano, que usaram a imaginação e a criatividade em abordagens sobre temas relacionados ao meio ambiente, ao tratamento da água e do esgoto.

A ação promovida pela Copasa é resultado da certificação obtida pela escola em 2019 no âmbito do programa Chuá Socioambiental, que visa a conscientização de crianças e adolescentes sobre a importância da preservação do meio ambiente para garantir água às gerações atuais e futuras.

Na ocasião, a instituição de ensino recebeu o Selo Chuá Escola Amiga do Meio Ambiente, e agora, em 2023, foi contemplada com essa recompensa pedagógica e social.

Consciência ambiental

Sob a condução de integrantes da equipe socioambiental do Núcleo da Copasa em Salinas e de artistas plásticos contratados pela companhia, foram desenvolvidos diálogos com foco nos desafios e soluções para a água no passado, presente e futuro. A partir dessas orientações, as imagens foram criadas e pintadas no muro da escola pelos próprios alunos.

“O Mural das Águas tem a proposta de reforçar o sentimento de pertencimento e a responsabilidade de cada um na preservação e o cuidado com o meio ambiente. Foi gratificante desenvolver essa ação junto aos estudantes e estimulá-los por meio da arte, que resultou em uma produção repleta de significado e riqueza”, ressaltou a coordenadora das atividades em Taiobeiras, Adriana Tolentino.

“Foi muito bom participar desse projeto, pois aprendi muito sobre as transformações da água ao longo do tempo, produzi pinturas sobre a proteção dos nossos mananciais de abastecimento e fiz novas amizades”, ressaltou o estudante do sétimo ano, Luan Victor Almeida Dias.

Para a professora de ciências, Nádia Gonçalves de Souza, que participou das atividades com os alunos, os projetos desenvolvidos por meio da parceria entre a Copasa e a escola têm resultado em enriquecimento para a comunidade escolar em geral. “Foram três dias dedicados ao trabalho de produção das imagens voltadas à preservação da água, que vão ficar para a história dos alunos e da escola”, destacou.

A diretora da Escola Estadual Tancredo Neves, Ivanilde Rodrigues, destacou que, ao longo desses dias, os alunos tiveram a oportunidade de trocar experiências e conhecimentos sobre as perspectivas em relação ao futuro da água. “Essa pintura no muro vai ficar marcada na memória e no coração desses adolescentes, com exemplos para as novas gerações sobre os cuidados com a água e o meio ambiente”, concluiu.

Sobre o programa

Criado em 2017, o Chuá Socioambiental amplia a consciência ambiental dos alunos e forma cidadãos comprometidos com os valores ecológicos por meio das práticas de educação ambiental.

O programa integra a Agenda ESG da Copasa, sigla que se refere a questões ambientais, sociais e de governança corporativa. Esse termo tornou-se uma forma de se referir ao que empresas e entidades estão fazendo para serem socialmente responsáveis, ambientalmente sustentáveis e administradas de forma correta.

O programa também está alinhado à Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas (ONU) e em seus respectivos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), além dos dez princípios do Pacto Global. No caso, o Chuá Socioambiental está alinhado ao ODS 6 – Água e Saneamento, que tem entre suas metas assegurar a disponibilidade e gestão sustentável da água e saneamento.

Mural das Águas em Taiobeiras estimula a consciência socioambiental de estudantes por meio da arte

Copasa realiza Feira Verde em Divinópolis e

Mural das Águas em Taiobeiras estimula a consciência socioambiental de estudantes por meio da arte

Projeto Mundo das Águas Cinema 4D conscientiza