Copasa inaugura sistema de esgotamento e beneficia população de Carmo da Cachoeira

A Copasa e a Prefeitura de Carmo da Cachoeira inauguraram, na manhã desta quarta-feira (05/06), as obras do Sistema de Esgotamento Sanitário do município, situado na região Sul do Estado. Com um investimento de mais de R$ 10 milhões, as obras para a coleta e tratamento do esgoto da sede municipal vão beneficiar mais de 9 mil moradores, garantindo mais saúde e qualidade de vida para a população.

Com investimento de mais de R$ 10 milhões, as obras vão garantir mais saúde e qualidade de vida para a população.

Durante a solenidade, o diretor da Copasa, Guilherme Frasson, parabenizou as equipes pelo trabalho realizado em Carmo da Cachoeira e destacou a relevância das obras. “Estou muito feliz em poder participar desse momento, onde inauguramos mais uma obra no Sul de Minas. Parabéns às nossas equipes da Copasa, à prefeitura e à população de Carmo da Cachoeira. Que juntos possamos preservar essas obras, pois assim também estaremos preservando o meio ambiente e garantindo mais saúde para a população”, disse em seu pronunciamento.

Dos mais de R$ 10 milhões investidos nas obras do sistema de esgotamento de Carmo da Cachoeira, cerca de R$ 6,5 milhões foram destinados à implantação da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE), que representa um novo marco para o município. A nova unidade, tratará 1.129.248 litros de esgoto por dia – o equivalente a cerca de 13,07 litros de esgoto tratados por segundo.

Satisfeito com as obras, o prefeito de Carmo da Cachoeira, Hélcio Antônio Chagas Reis, reforçou a importância do trabalho realizado pela Copasa. “Essa obra é uma grande conquista. Hoje estou realizando um sonho, estamos levando mais saúde para o meu povo. Muito obrigado Copasa pela parceria de tantos anos e que vamos continuar mantendo por muito mais tempo, levando qualidade de vida para a população”, comemorou o chefe do Executivo municipal.

Além da ETE e toda sua infraestrutura – que conta ainda com laboratório, sala elétrica, reservatório e todos os equipamentos necessários para a realização do tratamento, as obras, que foram realizadas em duas etapas, contemplaram também a implantação e interligação de redes interceptoras de esgoto; implantação de linhas de recalque (tubulações que possibilitam o transporte do esgoto para um ponto superior); emissários de esgoto (sistema que recebe e conduz todo o esgoto coletado para o tratamento na ETE); implantação da unidade de bombeamento final de esgoto; e a construção da ponte que dá acesso à estação de tratamento.

O superintendente da Unidade de Negócio Sul da Copasa, Luiz Eduardo Carvalho Gomes, lembrou sobre o simbolismo da inauguração ter acontecido na data em que é comemorado o Dia Mundial do Meio Ambiente. “É um dos momentos mais importantes para nós da Copasa inaugurarmos uma Estação de Tratamento de Esgoto e hoje, ainda mais, quando estamos celebrando também o Dia Mundial do Meio Ambiente. Com essa entrega, enfatizamos nosso compromisso de oferecer os melhores serviços aos cachoeirenses”, destacou.

Além disso, com o intuito de participar à população sobre as obras e os benefícios que elas proporcionariam, a Copasa realizou também todo um trabalho socioambiental no município, onde equipes especializadas não só informaram os clientes, como também auxiliaram no esclarecimento de dúvidas sobre os serviços oferecidos pela Companhia.

Em razão disso, o gerente da Regional Varginha, Marco Aurélio Ribeiro, fez questão de enaltecer a participação e o apoio da população durante as obras. “Esse é um dia que ficará marcado na história. Quero agradecer à prefeitura e ser testemunha de como a população também foi parceira da Copasa. Tenho certeza que o sistema de esgotamento sanitário de Carmo da Cachoeira também será referência na nossa região”, afirmou.

A solenidade de inauguração contou ainda com as presenças do vice-prefeito de Carmo da Cachoeira, Nilson Roberto Adão, e dos representantes da Copasa: Liliani Elias, gerente da Unidade de Serviço de Apoio Administrativo Sul; Carlos Coelho, supervisor de Tratamento de Esgoto da Unidade de Negócio Sul; e Luís Paulo Assis, encarregado do Polo de Carmo da Cachoeira. Participaram também empregados das equipes técnicas da Copasa; vereadores, autoridades e secretários municipais.

Benefícios

Somadas aos benefícios proporcionados à saúde, melhorando inclusive o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), a coleta e o tratamento de esgoto também promovem mudanças positivas nos aspectos urbanísticos, com a consequente valorização imobiliária, e a promoção do crescimento socioeconômico da cidade e da região.

Além disso, os serviços também vão garantir a recuperação e a preservação dos ribeirões do Carmo e São Marcos; e o recebimento do ICMS Ecológico – um incentivo dado aos municípios para a criação de mais áreas de preservação ambiental, além de melhorar a qualidade dos espaços já existentes.

A solenidade de inauguração contou ainda com as presenças de autoridades locais.
Copasa inaugura sistema de esgotamento e beneficia população de Carmo da Cachoeira

Copasa mobiliza alunos da região Oeste em