Copasa garante tratamento de esgoto a mais 5 mil moradores de São Francisco

A Copasa concluiu nos últimos dias as obras de ampliação do sistema de esgotamento sanitário em São Francisco, município no Norte do Estado localizado às margens do Velho Chico. A Companhia tem realizado investimentos recordes em todas as regiões para aumentar a qualidade dos serviços prestados, proporcionando à população o acesso à coleta, ao transporte e ao tratamento de esgoto em benefício da saúde e qualidade de vida.

 

Avaliadas em R$ 4,3 milhões, as intervenções realizadas nos bairros Funcionários, Jardim Milena, João Aguiar, São Luís e Vila de Dó incluíram a implantação de 20 mil metros de redes coletoras de esgoto e a construção de uma estação elevatória de esgoto, visando atender mais de 5 mil moradores por meio de 1.840 ligações prediais.

As obras contemplaram a instalação de 20 mil metros de redes coletoras de esgoto em bairros do município (Divulgação Copasa)

 

De acordo com o gerente regional da Copasa Edson Marinho, a conclusão dos serviços vai aumentar a disponibilidade das redes coletoras, o que permite um importante ganho ambiental com a despoluição dos mananciais no entorno da cidade. “Esse é o compromisso da Copasa com a população de São Francisco, visando à melhoria das condições de saúde, o aumento da qualidade de vida, o desenvolvimento urbano e a proteção do meio ambiente”, destacou.

 

Benefícios do tratamento de esgoto  

 

O tratamento de esgoto proporciona benefícios sociais, econômicos e melhoria das condições de saúde das pessoas. Entre outras vantagens, o sistema de esgotamento sanitário possibilita ao município receber o ICMS Ecológico, como forma de incentivo para a criação de mais áreas de preservação ambiental ou para a melhoria das condições dos atuais espaços existentes, proporcionando melhora na vida da população local.

 

Além disso, a destinação adequada do esgoto evita a propagação de doenças de veiculação hídrica, melhora o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) e traz mudanças positivas nos aspectos urbanísticos, com a valorização imobiliária e o crescimento socioeconômico da cidade e da região.

 

Outro benefício gerado pela obra é o incremento da arrecadação do município, que está recolhendo os Impostos Sobre os Serviços (ISS) prestados pela empresa contratada pela Companhia. Nesse cenário, são gerados empregos diretos, além da aquisição de materiais e equipamentos e da contratação de serviços indiretos na cidade, o que gera receita e movimenta o comércio local.

Copasa garante tratamento de esgoto a mais 5 mil moradores de São Francisco

Agência Móvel chega a Lavras e facilita