Água tratada garante dignidade a moradores de distrito em Campestre

Por meio do Programa Universaliza Minas, da Copasa, mais de 650 moradores de São Sebastião de Posses já podem ter acesso ao benefício

As famílias que vivem na localidade São Sebastião de Posses, pertencente ao município de Campestre, na região Sul do Estado, acabam de receber mais um importante investimento da Copasa, que veio garantir água tratada com qualidade e regularidade para mais de 650 pessoas. Isso foi possível graças ao Programa Universaliza Minas, instituído para viabilizar o acesso aos serviços de abastecimento de água e tratamento de esgoto nas áreas rurais do município onde a Companhia atua.

Para garantir esse benefício à população, a Copasa investiu cerca de R$ 1,2 milhão em obras que contemplaram a implantação de 1.780 metros de adutora de água, de 1.230 metros de rede de distribuição e de 170 ligações prediais. Além disso, também foram realizadas melhorias no poço C-01 já existente no local, com execução de muro de arrimo, pavimentação em concreto, alambrando e pintura; bem como a ampliação do poço profundo C-02, que contou ainda com a construção de alambrado, abrigo de painéis elétricos, instalação de cavalete e a urbanização do espaço.

Os dois poços também receberam a implantação da casa de química para a realização do tratamento da água captada antes da distribuição. A empresa também efetuou o remanejamento, pintura e interligações do reservatório cilíndrico de 40 mil litros de capacidade, e a limpeza e urbanização da área onde ele está instalado.

Durante a entrega das obras realizada neste mês, o gerente Regional da Copasa Varginha, Marco Aurélio Ribeiro, reforçou o compromisso da empresa com a população. “Ao inaugurarmos essas obras reforçamos nosso compromisso com o município de Campestre e, em especial, com os moradores de São Sebastião de Posses, que esperaram ansiosos por esse momento e que acreditaram no nosso trabalho desde o início. Nosso muito obrigado a todos pela parceria e pela confiança”, disse.

O prefeito de Campestre, Marco Antônio Messias Franco, comemorou a chegada da água tratada e agradeceu à Copasa por ter atendido aos pedidos dos moradores da localidade. “Quero agradecer a vocês por darem essa atenção aos moradores aqui de São Sebastião de Posses e por tudo o que fazem pelo município de Campestre”, disse o chefe do Executivo.

O vice-prefeito Zenun Elias Jorge Zenun também se manifestou sobre a relevância do início do abastecimento de água tratada para a população. “Estamos vivendo um momento muito importante com a chegada da água potável para os moradores de São Sebastião de Posses, um local que tanto vem progredindo. Inaugurar as obras de distribuição de água aqui é um ponto muito importante de contribuição e desenvolvimento da nossa população”, afirmou.

Desde o lançamento do programa, há cerca de um ano, o Universaliza Minas só cresce. O número de localidades atendidas passou de 282 para 452, abrangendo 160 municípios mineiros. No momento estão em andamento, em todo o estado, a implantação de 50 sistemas de água e esgoto. O orçamento previsto para a iniciativa é de 355 milhões de reais e quase 300 mil pessoas são contempladas pelo escopo do programa.

Monitoramento e controle da qualidade

Somado aos investimentos, a Copasa também atuará em São Sebastião de Posses com um rigoroso controle de qualidade, desde as análises realizadas no ponto de captação, até à água que chega aos imóveis dos clientes. Essas análises têm estrita obediência aos padrões de vigilância e potabilidade, estabelecidos pela legislação vigente, conforme portaria GM/MS 888/2021 do Ministério da Saúde e são monitoradas por uma rede laboratorial estruturada, que inclui os laboratórios Local (Campestre), Regional (Varginha) e Central (Belo Horizonte).

“Os moradores de São Sebastião de Posses podem ter a tranquilidade e a confiança de que, a partir de agora, eles estão recebendo uma água de extrema qualidade, representando um ganho para a saúde e o bem-estar”, finalizou o gerente regional da Copasa, Marco Aurélio.

A inauguração do sistema de abastecimento de água de São Sebastião de Posses contou ainda com as presenças da secretária municipal de Desenvolvimento e Ação Social, Camila Muniz; da arquiteta da Secretaria, Ana Cláudia Figueiredo; e da secretária municipal de Desenvolvimento Urbano, Josiane de Souza. Pela Copasa, além do gerente, participaram o engenheiro Márcio José de Resende e o encarregado do sistema de Campestre, Aldenir Milani de Souza.

 

Água tratada garante dignidade a moradores de distrito em Campestre

Agência Móvel chega a Paracatu para alcançar

Água tratada garante dignidade a moradores de distrito em Campestre

Ouvidoria Itinerante da Copasa vai estar na