Laboratório da Copasa no Vale do Aço fez mais de 28 mil análises em 2023

Com uma moderna e estruturada rede laboratorial em Minas Gerais, a Copasa se destaca quando o assunto é qualidade da água distribuída à população. Dentro dessa rede, o Laboratório Regional do Vale do Aço (LRVA), sediado em Coronel Fabriciano, é responsável por atestar os padrões e normas estabelecidos pelos órgãos competentes na região. Só em 2023, a unidade realizou um total de 28.459 análises – incluindo água bruta, água tratada e água residual – com aumento de 706 análises se comparado a 2022.

Foram 17.008 análises na Gerência Regional de Ipatinga e 11.451 na Gerência Regional de Caratinga. O laboratório faz o monitoramento em 139 localidades da região, realizando atendimentos às pesquisas operacionais, análises relacionadas às perfurações de poços e os controles de qualidade para garantir a validação dos resultados emitidos.

A garantia da qualidade da água distribuída aos mineiros vem de uma rede laboratorial que conta com o Laboratório Central em Belo Horizonte (responsável pela realização das análises de maior complexidade), sete laboratórios regionais (responsáveis pelas análises dos vários parâmetros de média complexidade) e cerca de 20 laboratórios distritais, além de centenas de laboratórios nas unidades operacionais para análises dos parâmetros básicos.

Toda essa rede faz, em média, 20 milhões de testes por ano para avaliar a água que está chegando às torneiras da população atendida. O monitoramento da qualidade da água é tão importante que, entre 2021 e 2023, a Copasa investiu R$ 20 milhões na expansão e qualificação de seus laboratórios, com a compra de equipamentos de última geração e treinamento de pessoal.

Expansão no Vale do Aço

Em 2024, segundo a coordenadora no LRVA e coordenadora da Qualidade do Sistema de Gestão ISO 17025, Jeanny Keller, além de manter a rotina dos monitoramentos da qualidade de água e efluentes, a Companhia prevê o monitoramento de novas localidades, Estações de Tratamento de Esgoto (ETEs) e também de novas Unidades de Tratamento de Resíduos (UTRs) que entrarão em operação.

“O objetivo do Laboratório Regional Vale do Aço é o de sempre assegurar a qualidade e a confiabilidade dos serviços prestados aos clientes. Sabemos que nosso trabalho impacta positivamente na vida de cada cidadão que consome a água fornecida pela Copasa. Por isso, a cada ano que se passa, nossa equipe tem trabalhado ainda mais para ampliar e potencializar nossos resultados e assim proporcionar mais qualidade de vida para as pessoas”, disse Jeanny Keller.

Desde julho de 2021, o LRVA possui o “Certificado de Acreditação” emitido pela CGCRE/Inmetro (CRL 1574), conforme disposto na ABNT NBR ISO/IEC 17025:2017 e atualmente, seu escopo acreditado abrange 39 parâmetros (Ensaios Biológicos e Químicos).

Laboratório da Copasa no Vale do Aço fez mais de 28 mil análises em 2023

Campanha Gotas de Saber: parceria entre Copasa

Laboratório da Copasa no Vale do Aço fez mais de 28 mil análises em 2023

Copasa realiza última etapa da interligação da