Copasa e parceiros se mobilizam em iniciativa para eliminar o lançamento de esgoto na Lagoa dos Bombeiros

A ação de educação ambiental é uma oportunidade de mostrar integração com os pilares da empresa, visando manter o cliente no centro do negócio

A Copasa se uniu, no último sábado (27/01), ao Corpo de Bombeiros, à Prefeitura de Contagem e ao Instituto Estadual de Florestas (IEF) numa mobilização para eliminar o lançamento irregular de esgoto na Lagoa dos Bombeiros, situada no atual Complexo de Treinamento dos Bombeiros, em Contagem. A mobilização ocorreu nas ruas Cedro, Quaresmeira, Jacarandá, Paineiras, Palmeiras, Pequi, Pérola e do Registro, no bairro Colonial, onde cerca de 250 imóveis estão na condição de factível de esgoto, ou seja, possuem rede disponível, mas não fazem o lançamento desse efluente na rede coletora da Copasa.

Ao longo dos últimos anos foram implantadas redes de esgoto no bairro Colonial, representando uma conquista para a população e para o meio ambiente, especialmente, para os cursos d’água da região. No entanto, muitas residências ainda não aderiram ao sistema de esgotamento sanitário da Copasa, estando irregulares com a legislação vigente.

Para Cristina Canuto, analista socioambiental da Copasa Unidade de Serviço de Desenvolvimento Sustentável da Copasa, a mobilização social tem como função esclarecer os moradores que ainda não fizeram a adesão ao sistema de esgotamento sanitário, sobre a importância de fazê-lo, em cumprimento à Resolução 131de 2019, da Agência Reguladora de Serviços de Abastecimento de Água e de Esgotamento Sanitário do Estado de Minas Gerais (Arsae-MG), e também para a preservação ambiental e melhoria da qualidade de vida da população que passa a ter o seu esgoto tratado.

Diante dessa necessidade cada vez mais urgente de conexão dos imóveis à rede, os representantes dos quatro órgãos públicos percorreram as ruas da região para orientar e conscientizar os moradores dos imóveis que não possuem o ramal interno conectado ao sistema de esgotamento da Companhia, a entrar em contato com a Copasa para solicitar o serviço de ligação de esgoto, importante medida inicial que contribuirá para eliminar o lançamento do efluente na Lagoa dos Bombeiros.

De acordo com Gilson Junior, superintendente de Políticas Socioambientais da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável de Contagem, “essa ação conjunta entre prefeitura, Copasa, Corpo de Bombeiros e IEF é muito importante, principalmente junto aos moradores do bairro Colonial, para ajudar a despoluir a Lagoa dos Bombeiros, além de trabalhar educação ambiental em todos os níveis nessa e em outras regiões”, destacou.

Quem também ressaltou a importância dessa mobilização conjunta foi o cadete Marçal do Corpo de Bombeiros. Para ele essa iniciativa acaba sendo uma ação de prevenção, e prevenir é um dos trabalhos dos Bombeiros.

Durante a abordagem, é preenchido um termo de compromisso para o morador assinar. O assistente socioambiental da Copasa deixa um contato telefônico para dar sequência à efetivação do pedido de ligação de esgoto, que terá uma ordem de serviço gerada e encaminhada para as equipes operacionais da Companhia executarem o serviço de conexão do ramal interno à rede coletora da Copasa.

Para Diego Caldeira, supervisor administrativo da Copasa, a iniciativa visa, dentre outras medidas, eliminar o uso de fossa que normalmente trazem risco de contaminação do solo e dos cursos d’água, principalmente quando extravasam e o serviço de esvaziamento e limpeza é bem complexo. “Percebi também uma satisfação muito grande dos clientes do bairro colonial que pude abordar. Essa mobilização de hoje intensificou ainda mais os laços da Copasa com os parceiros Prefeitura de Contagem, IEF e Corpo de Bombeiros nesse trabalho conjunto para ajudar a preservar o meio ambiente”, declarou.

Copasa e parceiros se mobilizam em iniciativa para eliminar o lançamento de esgoto na Lagoa dos Bombeiros

Copasa leva água tratada a 14 comunidades

Copasa e parceiros se mobilizam em iniciativa para eliminar o lançamento de esgoto na Lagoa dos Bombeiros

Monitoramento do nível da Barragem Rio Juramento