Conselho dos Direitos da Criança e Adolescente de Patos destaca importância do “Confia em 6%”

A Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) realizou, nesta segunda-feira (20), em Patos de Minas, uma reunião com representantes do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA). O objetivo foi tratar das destinações de parte do imposto de renda pelos empregados da Companhia às instituições filantrópicas.

O encontro foi uma iniciativa dos próprios colaboradores da Copasa, que tinham como intuito sensibilizar os pares a fim de que todos os colegas conhecessem o “Confia em 6%”. O projeto visa incentivar que os funcionários que pagam pelo imposto de renda optem por direcionar a contribuição, que seria retida pelo governo, para instituições filantrópicas que prestam assistência social às crianças, adolescentes e famílias carentes.

Na reunião, os representantes do Conselho explicaram os projetos em andamento em instituições socioassistenciais em Patos de Minas e ressaltaram os benefícios de poder fazer a diferença na vida daqueles que realmente precisam. “Gostaríamos de agradecer a iniciativa dos empregados da Copasa em promover essa mobilização com os servidores, a fim de incentivá-los a fazer essa destinação para o CMDCA de Patos, que faz parte do Fundo para Infância e Adolescência (FIA). Isso é muito importante para o município, uma vez que vai estar atendendo a 13 entidades. Aproveito e parabenizo a todos que puderem colaborar”, destacou Elizete Mundim, presidente do CMDCA de Patos de Minas.

Segundo Fernando Corrêa, supervisor de desenvolvimento sustentável da Copasa, a reunião contribui para despertar o espírito de solidariedade. “É muito importante para despertar nos empregados o senso de pertencimento à comunidade. É gratificante saber que estamos ajudando de alguma forma essas instituições que fazem um belíssimo trabalho para com o próximo”, pontuou. Também participaram do encontro representantes do Amparo Maternal, de Patos de Minas.

Mobilização interna

Em outubro e novembro, os empregados também realizaram ações internas. Denominadas “Mesa a Mesa”, as equipes de desenvolvimento sustentável abordaram os empregados individualmente para falar a respeito do projeto. Além de Patos de Minas, a ação também ocorreu em Araxá, Frutal e Paracatu. Além disso, Araxá também recebeu o CMDCA do município.

Sobre o Confia em 6%

O Programa Confia em 6% foi instituído na Copasa em 2005. Anualmente, os empregados se preparam para fazer a destinação do valor ao FIA, gerido pelo CMDCA, entre os meses de outubro e novembro. Ele integra a Agenda ESG da Copasa, especialmente o compromisso social com a proteção dos direitos das crianças e adolescentes.

Em todo o Estado, mais de 100 instituições filantrópicas já receberam a verba, que totaliza mais de R$ 9,7 milhões até o momento. Estima-se que cerca de 30 mil crianças e adolescentes tenham sido contemplados com os benefícios do repasse da verba.

Sobre o CMDCA

Os Conselhos Municipais dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) são órgãos paritários, que recebem apoio do Executivo municipal e da sociedade civil, registram entidades que atuam com o referido público e atestam se seus projetos atendem aos requisitos exigidos por lei para receberem a verba.

Programa da Copasa visa incentivar a destinação de imposto de renda dos empregados a instituições filantrópicas
Conselho dos Direitos da Criança e Adolescente de Patos destaca importância do “Confia em 6%”

Copasa inicia mais obras para beneficiar 37

Conselho dos Direitos da Criança e Adolescente de Patos destaca importância do “Confia em 6%”

Concluída mais uma etapa de obra para