Alunos do Cefet recebem treinamento para atuar no Pró-Mananciais em Varginha

Estudantes vão contribuir nas ações de recuperação e preservação dos recursos hídricos do município

A Copasa, por meio do Programa Pró-Mananciais, tem atuado em Varginha, desde 2017, realizando ações de recuperação e preservação da bacia do ribeirão Santana. Agora, expandindo sua atuação para a bacia do ribeirão dos Tachos, a empresa passa a contar com a colaboração dos alunos do Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (Cefet-MG).

Durante o treinamento os alunos conheceram as diversas ações do Pró-Mananciais

Os estudantes dos cursos de Informática, Edificações e Mecatrônica participarão das atividades do Pró-Mananciais no município, contribuindo também com novas ideias e energia para os projetos em andamento. E como parte da preparação para essa atuação, eles concluíram, nesta sexta-feira (12/04), um treinamento focado no processo de levantamento e diagnósticos de ações, ministrado pelo engenheiro sanitarista e ambiental Alexander Rocha Inácio e pela assistente ambiental da Unidade de Serviço de Controle Ambiental da Copasa (USCA), Mara Suely Ferreira de Lima.

A iniciativa vem reforçar a excelência dos resultados obtidos até o momento com o Coletivo Local de Meio Ambiente (Colmeia) de Varginha, formado para contribuir com diagnósticos e ações em prol da preservação ambiental e segurança hídrica. Além de capacitá-los, o treinamento proporcionou um ambiente para compartilhamento de conhecimentos e adaptação às necessidades específicas do programa.

Os alunos também tiveram a oportunidade de aplicar seus conhecimentos em atividades práticas na Fazenda dos Tachos

Durante as aulas, foram abordados temas, como Áreas de Preservação Permanente (APP), técnicas de mapeamento, abordagem ao produtor rural, confecção de croquis e o uso do Google Earth – um programa de computador cuja função é apresentar um modelo tridimensional do globo terrestre. Os alunos também tiveram a oportunidade de aplicar seus conhecimentos em atividades práticas na Fazenda dos Tachos, consolidando assim o aprendizado em um contexto real.

“O treinamento foi uma etapa crucial, pois nos permitiu entender melhor o Pró-Mananciais e o Colmeia e nos preparou para as tarefas que teremos pela frente”, declarou Sarah Chaves Elias, estudante de Edificações. Ela ressaltou como o programa complementará sua carreira, especialmente no Cefet, uma vez que, dentro do Colmeia, ela está envolvida na parte de imagens, que requer conhecimentos de topografia e uso do Autocad.

Érica Rosa Ferrarezi, também estudante de Edificações, expressou sua satisfação em participar dessa iniciativa. “Fazer parte do Pró-Mananciais é uma oportunidade única de contribuir ativamente para a proteção e recuperação de nossos recursos hídricos. Estou ansiosa para colaborar com o Colmeia e aplicar os conhecimentos adquiridos para promover a sustentabilidade ambiental em meu meio”, disse ela. Para Érica, este treinamento não só enriquecerá sua experiência profissional, mas também a capacitará para fazer a diferença na preservação dos recursos hídricos, essencial para um futuro sustentável.

“Estamos muito felizes com o resultado e como os alunos receberam tão bem a iniciativa do treinamento. Eles se mostraram sempre muito engajados com a causa ambiental e demonstram grande interesse sobre a temática proposta. Tê-los atuando conosco no Colmeia, realizando as ações do Pró-Mananciais, será um ganho imenso e temos certeza que continuaremos aprendendo muito uns com os outros”, contou Mara.

É importante ressaltar que além da Copasa e do Cefet, o treinamento também contou com o apoio do Sistema de Cooperativas de Crédito do Brasil (Sicoob Credivar) e do Centro de Excelência em Cafeicultura (Senar), ambos membros ativos do Colmeia de Varginha e parceiros que contribuem no fortalecimento das ações do Programa e da sustentabilidade do meio ambiente.

Sobre o Pró-Mananciais

Criado pela Copasa em 2017, o Pró-Mananciais atua na mobilização da comunidade e de instituições parceiras, com o objetivo de construir coletivamente o sentimento de pertencimento da população à microbacia da região onde está inserido.

A atuação socioambiental da Copasa é pautada na Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas (ONU) e em seus respectivos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), além dos dez princípios do Pacto Global.
O Pró-Mananciais integra, ainda, o ODS 15, que consiste em proteger, recuperar e promover o uso sustentável dos ecossistemas terrestres, gerir de forma sustentável as florestas, combater a desertificação e deter e reverter a degradação da terra, evitando a perda de biodiversidade.

Alunos do Cefet recebem treinamento para atuar no Pró-Mananciais em Varginha

Com investimentos de R$ 12 milhões, Nova

Alunos do Cefet recebem treinamento para atuar no Pró-Mananciais em Varginha

Monitoramento do nível da Barragem Rio Juramento