Extrema terá esgoto tratado pela Copasa

Com investimentos da ordem de R$ 6,4 milhões, garantidos pelo Governo do Estado, a Copasa dará início às obras de ampliação do sistema de esgotamento sanitário de Extrema. A Ordem de Serviço autorizando o início das obras foi assinada 6ª feira, 28 de janeiro, pelo governador em exercício, Alberto Pinto Coelho, e pelo prefeito de Extrema, Luiz Carlos Bergamin.

Nesta etapa, além da implantação de interceptores e elevatórias de esgoto, serão construídas quatro Estações de Tratamento de Esgoto (ETE), que terão  capacidade para tratar 100% do esgoto coletado na cidade. Com esse empreendimento, a Copasa integra o esforço do Governo de Minas de melhorar a infra-estrutura urbana das cidades, levando saúde e conforto à população em todo o Estado.

Extrema está localizada na região Sul de Minas, a aproximadamente 480 quilômetros de Belo Horizonte. Ao realizar essas obras, além de contribuir para o desenvolvimento da cidade, a Copasa está, também, contribuindo para a recuperação e preservação das águas dos rios Jaguari e Camanducaia.

Alberto Pinto Coelho salientou que a implantação do sistema de tratamento de esgoto de Extrema é um marco para o município. “Além de ser essencial a saúde da população será fundamental para revitalização e preservação da bacia hidrográfica da região”, disse. Para ele, o saneamento básico se tornou um ativo importante para o desenvolvimento do Estado. “Hoje, nos orgulhamos de fazer, por intermédio da Copasa, um dos maiores investimentos no setor. Esses avanços são fundamentais para Minas Gerais e todos os mineiros”, concluiu.

O prefeito de Extrema, Luiz Carlos Bergamin, fez questão de ressaltar que, atualmente, 100% das casas de Extrema têm água tratada e coleta de esgoto, graças a essa parceria de mais de 30 anos com a Copasa. “Hoje é um dia muito especial para o município, pois marca o início das obras que permitirão o tratamento do esgoto, um sonho antigo da  população da cidade”, declarou.

Luiz Carlos aproveitou o momento, que marcará a história de Extrema, e entregou para o Governador, o livro “Conservador das Águas, que conta a história de preservação das águas do município”. O prefeito de Camanducaia, Célio de Faria Santos, presidente do Comitê Mineiro das Águas, também presenteou as autoridades presentes com o livro “O valor das águas – primeiro resultados da cobrança do Comitê de Bacias”.

Entre outras autoridades, além do governador em exercício e do prefeito de Extrema, a solenidade contou com as presenças do presidente da Copasa, Ricardo Simões; do diretor de Operação Sudoeste da Companhia, Valério Máximo Gambogi Parreira; da superintendente Regional de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável do Sul de Minas, Valéria Cristina Resende; do presidente do BDMG, Paulo Paiva; do presidente da Câmara Municipal, Leandro Marinho; do deputado Federal, Rodrigo Castro; e, do deputado Estadual, Dalmo Ribeiro Silva.

Extrema terá esgoto tratado pela Copasa

Ata de Registro de preço PROCERGS –

Extrema terá esgoto tratado pela Copasa

Representante da ONU no Brasil coloca Minas

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *