Estudantes de Divinópolis pintam muro em alusão à preservação da água

Atividade integra o Programa Chuá Socioambiental desenvolvido pela Copasa em escolas públicas do Estado

 

Para ampliar o conhecimento da comunidade escolar sobre uso consciente da água e a importância da preservação ambiental, a Copasa vem realizando o Programa Chuá Socioambiental junto às escolas das cidades da região Centro-Oeste do Estado.

 

Em Divinópolis, por exemplo, 26 alunos do 5º ano da Escola Estadual Manoel Correa Filho participaram de uma atividade de pintura de um dos muros da instituição de ensino. Os desenhos simbolizaram o passado, presente e futuro das águas em Divinópolis. Para caracterizar o passado, foram representadas as pedras que eram passagem dos tropeiros sobre o rio Itapecerica e a linha ferroviária. No presente, foi desenhada a urbanização e verticalização da cidade e o rio com esgoto; já para o futuro os alunos desenharam o pontilhão do bairro Niterói, cartão-postal da cidade, com o rio Itapecerica limpo e com vida, após tratamento de esgoto que está sendo realizado pela Copasa.

 

Para a professora Monice Guimarães, tanto a atividade artística quanto as palestras foram muito impactantes. “Foi uma troca de experiências e conhecimento adquiridos, quando os alunos participaram fazendo perguntas e sanando dúvidas. O lado artístico foi despertado com muita alegria e diversão. Os alunos desenvolveram com entusiasmo e dedicação e fizeram maravilhosas pinturas. A comunidade escolar fez muitos elogios, reforçando que projetos como estes fazer muita diferença na escola,” destacou.

 

Ainda durante as atividades, os alunos conheceram mais sobre como é feito o tratamento de água e de esgoto e como a ação de cada cidadão ajuda na preservação do meio ambiente. Essas atividades buscam criar consciência ambiental nos alunos para transformá-los em multiplicadores dentro das comunidades em que estão inseridos.

 

O assistente socioambiental da Gerência Regional Divinópolis, Diogo Cardoso, destacou a importância desse trabalho, além da recepção positiva dos professores e das crianças às atividades do programa Chuá. “A pintura no muro é um momento muito importante, porque é a atividade que fecha o Chuá Socioambiental na escola. É o momento em que os alunos podem expressar o conhecimento adquirido durante o programa e demonstrar com arte desenhando nos muros da escola”, contou.

 

Ainda no mês de abril, a Escola Estadual Antônio da Cosa Pereira, no bairro Nações, também receberá o projeto, e os alunos também terão a oportunidade de criar sua arte no muro da instituição.

 

Chuá Socioambiental

 

Idealizado em 2016, o Chuá Socioambiental é uma extensão do Programa Chuá de Educação Sanitária e Ambiental, que busca promover atividades de sustentabilidade ambiental, alinhadas à conscientização sobre a importância da preservação e recuperação de mananciais para fins de abastecimento.

 

Suas ações, em parceria com escolas e demais instituições ligadas ao meio ambiente, são fundamentais para a disseminação de informações que fortalecem a necessidade de recuperação urgente dos mananciais de Minas Gerais.

 

 

Estudantes de Divinópolis pintam muro em alusão à preservação da água

Copasa inicia obras para ampliar oferta de

Estudantes de Divinópolis pintam muro em alusão à preservação da água

Copasa faz balanço e detalha os quase