Copasa investe mais de R$ 13,6 milhões para ampliar esgotamento sanitário de Inhapim

A Copasa está investindo mais de R$ 13,6 milhões em obras para a ampliação do Sistema de Esgotamento Sanitário (SES) do município de Inhapim, na região do Vale do Rio Doce. As obras, que devem ser concluídas ainda neste mês, vão beneficiar mais de 11 mil moradores com o serviço de coleta de esgoto.
O investimento contempla a implantação de mais de 1.300 metros de redes coletoras de esgoto, a instalação de mais de 3.000 metros de redes interceptoras de esgoto, a inserção de aproximadamente 1.200 metros de emissário (tubulação utilizada para o transporte do esgoto), a construção de mais uma unidade de bombeamento de esgoto e implantação de cerca de 360 metros de linha de recalque em uma das unidades de bombeamento de esgoto já existentes.
Vista aérea de parte dos 3.000 metros de redes interceptoras de esgoto instalados às margens do Rio Caratinga.
Um dos moradores que será beneficiado com as obras é o fazendeiro e empresário Carlos Antônio Januário. Ele destacou as melhorias que já estão acontecendo e o que espera após a conclusão dos trabalhos. “Tenho que ressaltar que as obras da Copasa já estão apresentando resultados positivos para Inhapim. O rio Caratinga e seus efluentes que passam em nossa cidade já estão com menos odor e mais limpos. Desejo que, após a conclusão dessas obras, diminua a quantidade de mosquitos, ratos e baratas em nossas residências”, disse.
Segundo a gerente da Copasa na região, Rosângela de Faria e Coelho, a realização dessas obras confirma o comprometimento da empresa em investir em Inhapim. “Estamos dando um importante passo na direção das metas estabelecidas pelo Novo Marco Legal do Saneamento com a conclusão. Temos a certeza de que toda a população da cidade será beneficiada com estas intervenções e reforçamos que a Companhia continuará trabalhando para melhorar a qualidade de vida de todos os moradores deste município”, enfatizou Rosângela. Ela ressaltou ainda que, com a conclusão dessas intervenções, 332 imóveis serão contemplados com ligações de esgoto, e a Copasa terá a cobertura de 90% do esgoto coletado na cidade.
Na imagem, o colaborador aguarda para colocar contenções para proteção do interceptor.
Além dos benefícios diretos à população, as obras de esgotamento sanitário também estão movimentando a economia do município com a geração de 50 empregos diretos.
Benefícios do tratamento de esgoto
O tratamento de esgoto traz benefícios diretos à população, como a erradicação de doenças de veiculação hídrica, o controle da proliferação de vetores, a melhoria do Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) e mudanças positivas nos aspectos urbanísticos, com a consequente valorização imobiliária e o crescimento socioeconômico da cidade e da região.
Além disso, proporciona benefícios sociais, econômicos e voltados à melhoria das condições de saúde e qualidade de vida. Entre outras vantagens, possibilita que a cidade receba o ICMS Ecológico, um meio de incentivo aos municípios para a criação de mais áreas de preservação ambiental, além de melhorar a qualidade dos espaços já existentes.
A intervenção possibilita ainda o aumento da arrecadação do município, que recolherá os Impostos Sobre os Serviços (ISS) prestados pela empresa contratada pela Companhia para execução da obra.
Copasa investe mais de R$ 13,6 milhões para ampliar esgotamento sanitário de Inhapim

Copasa disponibiliza água fresca para moradores de

Copasa investe mais de R$ 13,6 milhões para ampliar esgotamento sanitário de Inhapim

Para amenizar os impactos do calor, Pipinha