Copasa apresentará cases de sucesso na cerimônia de entrega dos troféus do PNQS 2023

Integrantes da Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) no âmbito da Unidade de Negócio Oeste (UNOE) apresentam, entre 19 e 21 de novembro, em Atibaia, no interior de São Paulo, seus cases de sucesso durante o Seminário de Benchmarking do Prêmio Nacional da Qualidade em Saneamento (PNQS) 2023. O encontro tem como finalidades a troca de experiências com profissionais do segmento e a explanação sobre práticas assertivas adotadas na execução dos trabalhos.

O técnico químico em produção de água Ricardo Borges vai defender a ‘Gestão de Aspectos e Impactos Socioambientais’. “Essa gestão viabiliza a avaliação das ações da Copasa no que diz respeito à prestação de serviços, podendo identificar e tratar impactos sociais e ambientais decorrentes de seus produtos, processos e instalações”, explicou ele. A metodologia foi implantada em 2021 no âmbito da Gerência Regional Patos de Minas, que abarca 21 municípios no Alto Paranaíba e Noroeste do Estado. A prática foi tão assertiva que em 2023 foi adotada institucionalmente e hoje está presente nos mais de 600 municípios mineiros atendidos pela empresa.

Lázaro Oliveira, supervisor de tratamento de água, vai dissertar sobre a “Utilização de Inteligência Artificial no Apoio à Gestão para Redução de Perdas”. Em outubro de 2022 a empresa descobriu o sistema denominado 4Fluid. Ligado a uma haste de escuta otimizada, ele detecta perdas de água até mesmo em tubulações de menor diâmetro. Para que ela funcione, o operador apoia o equipamento nos cavaletes dos imóveis e aguarda dez segundos. Os ruídos captados são encaminhados para uma plataforma onde são armazenados em nuvem e, após algumas horas, é gerado automaticamente, por meio da inteligência artificial, um relatório com pontos onde podem estar situados os vazamentos. Na sequência, os empregados analisam os resultados e descobrem os reais locais que necessitam de intervenção. “A tecnologia foi empregada primeiramente em Bambuí, reduzindo as perdas de água diárias de 150 para 128 litros por segundo. Considerando o período de um ano, os equipamentos foram capazes de gerar à empresa cerca de R$ 300 mil em economia”, destacou o especialista. Com eficácia comprovada, hoje os equipamentos passaram a ser testados também nos municípios de Araxá, São Gotardo, Perdizes, Conquista, Tapira, Varjão de Minas, Campina Verde, Guimarânia, Iturama, Patos de Minas e Catiara, localidade pertencente a Serra do Salitre.

A química, analista de saneamento e coordenadora do Laboratório Regional Oeste (LROE), Christiane Gomes, discorrerá sobre inovação de gestão em saneamento (IGS). Com o tema “Gestão Analítica: ganhos e melhorias na cadeia de processos”, ela evidenciará como a unidade desenvolveu um método próprio de análise para identificação de Agentes Tensoativos (ATA), principais constituintes de produtos de limpeza e de higiene pessoal, que são liberados diariamente no dia a dia, podendo causar, por exemplo, surgimento de espumas em cursos hídricos e poluição do solo. “O projeto vem sendo estudado e testado pelos empregados desde 2018. As pesquisas ajudam a Copasa a identificar fontes poluentes e permite que medidas sejam tomadas para corrigir tal situação. Os estudos também evidenciaram que a metodologia pioneira otimiza em 300% a realização dos trabalhos, permitindo que o quadro de pessoal seja direcionado para outras frentes de serviços, caso necessário, e reduz em 96% as despesas”, concluiu a líder.

As apresentações marcarão o encerramento das atividades da Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental (ABES), que nas mesmas datas também entregará os troféus aos participantes do PNQS 2023. Neste ano a UNOE conquistou o Troféu Quíron “Diamante”, comprovando a busca da Companhia pela melhoria e inovação constantes.

Equipamento 4Fluid.
Mitigação de Impactos Socioambientais
Copasa apresentará cases de sucesso na cerimônia de entrega dos troféus do PNQS 2023

Análise de conta

Copasa apresentará cases de sucesso na cerimônia de entrega dos troféus do PNQS 2023

Paracatu recebe mais R$3,6 milhões em investimentos