Copasa alerta para consumo consciente de água durante onda de calor na Grande BH

A Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) alerta para a importância do consumo consciente de água durante esse período de altas temperaturas que vêm sendo registradas nos últimos dias na região metropolitana de Belo Horizonte.

Devido aos recordes de temperatura, o consumo de água da população aumentou em média 20%, o que pode levar a intermitências no abastecimento de água nos próximos dias em algumas regiões da Grande BH, especialmente nas cidades mais distantes do sistema produtor de água, como Esmeraldas, Igarapé, Lagoa Santa, Mateus Leme, Pedro Leopoldo, Ribeirão das Neves, Santa Luzia e Vespasiano.

A Companhia ressalta que isso se deve exclusivamente à elevação brusca do consumo, uma vez que o sistema de produção de água está normalizado e operando em nível máximo. Além disso, o nível dos reservatórios que compõem o Sistema Paraopeba – responsável pelo abastecimento de água em toda a Grande BH – está em 71%.

“Mesmo com a produção máxima, podem ocorrer desabastecimentos localizados, em função do alto consumo, que causa desequilíbrio no sistema. E contamos com parceria da população para ajudar a reverter esse quadro”, alerta o superintendente da Copasa, Ronaldo Serpa.

Outro alerta feito pela Copasa é em relação às ligações clandestinas. O furto de água das redes da Companhia impacta diretamente na qualidade do serviço, uma vez que os chamados ‘gatos’ retiram pressão do sistema ao retirar água das redes de maneira ilegal e podem reduzir a oferta de água em algumas regiões.

A Copasa informa ainda que está monitorando o cenário de abastecimento da Grande BH ininterruptamente e que equipes operacionais da Companhia estão fazendo manobras para garantir o abastecimento de todas as regiões e auxiliar na normalização do abastecimento o mais breve possível.

No entanto, a Companhia orienta que a população evite o desperdício e reforça a recomendação do uso consciente da água, principalmente para os clientes de imóveis localizados nas partes baixas das cidades da região metropolitana e que se encontram abastecidos, para que outros pontos também possam ser atendidos normalmente.

Atitudes simples de economia fazem muita diferença, por exemplo:

• Não lavar o passeio. Em vez disso, usar a vassoura;
• Evitar lavar carros ou usar um balde e não a mangueira;
• Tomar banhos rápidos;
• Molhar plantas com regador e não com a mangueira;
• Deixar a torneira fechada enquanto escova os dentes ou faz a barba;
• Na cozinha, também fechar a torneira enquanto ensaboa a louça e, antes de lavá-la, retirar ao máximo os restos de alimentos;
• Reutilizar a água da máquina de lavar.

Copasa alerta para consumo consciente de água durante onda de calor na Grande BH

Copasa promove leilão de veículos em BH

Copasa alerta para consumo consciente de água durante onda de calor na Grande BH

Alunos de São Thomé das Letras transformam