Copasa investe na ampliação da oferta de água para Perdigão

Buscando ampliar a oferta de água para a população de Perdigão e sanar a baixa produção nos períodos de estiagem, a Copasa investiu R$ 7,5 milhões na otimização e melhoria do sistema de abastecimento do município.

Ao todo, a Companhia investiu R$ 7.188.220,05 na implantação de uma nova captação por meio de um conjunto motobomba no rio Lambari, além de uma nova adutora de bombeamento, uma caixa de transição (que faz a transição entre o bombeamento de água e o transporte por gravidade) e uma adutora por gravidade – o que garantiu um aumento de 40 l/s na oferta de água para o município.

A obra foi realizada em duas etapas, sendo a última concluída no mês de novembro. Atualmente, a nova captação está em fase de testes, que deve ser concluída neste mês de janeiro para que os novos equipamentos passem a integrar definitivamente o sistema de abastecimento de água de Perdigão.

Segundo o gerente da Unidade de Serviço de Expansão Centro (USEC), Magno Gomes dos Santos, a obra vai garantir maior regularidade ao abastecimento. “A partir da conclusão das intervenções, Perdigão passará a contar com uma oferta maior de água, evitando desabastecimento em caso de manutenções que interrompam o sistema ou em caso de estiagem”, disse. Ao longo do período de obras, aproximadamente 100 empregos diretos e indiretos foram gerados no município, o que também beneficiou a economia local.

Além das melhorias na captação do rio Lambari, a Copasa também investiu aproximadamente R$ 300 mil em novos equipamentos para aumentar o volume de água captado no ribeirão Perdigão, outra fonte de abastecimento do município.

Segundo o gerente da gerente da Unidade de Serviço de Operação Centro (USOC) da Copasa, Égonn Silva, foi substituída a balsa, dois conjuntos motobomba e painel elétrico na captação do ribeirão, o que ampliou de 26 l/s para 34 l/s a vazão captada, tratada e distribuída.

A obra teve início e foi concluída neste semestre e vai beneficiar todo o município, com uma maior disponibilidade de água para a população. “A obra traz tanto segurança operacional, trazendo uma condição de infraestrutura de trabalho melhor para os empregados, e também uma maior disponibilidade de água, reduzindo o tempo de funcionamento da Estação de Tratamento de Água (ETA) e conferindo mais recursos para que, em casos de paralisações do sistema, não falte água para a população”, disse.

Copasa investe na ampliação da oferta de água para Perdigão

Copasa inicia obras de ampliação do sistema

Copasa investe na ampliação da oferta de água para Perdigão

Com investimentos de R$ 2,4 milhões, Copasa